Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Sim Fernando, limites!

No seguimento da minha entrevista ao Rodrigo Capella, o Fernando Fonseca postou mostrando discordância no ponto em que refiro que uma presença de uma marca (ou instituição) nas redes sociais deve ter limites.

 

No post do Fernando vejo muita concordância com o que digo (e também com o que pratico). Mas vamos lá à parte da discordância, os tais limites que o Fernando refere ser “um princípio errado”.

 

O que estes limites significam é que a presença de uma marca não pode ser igual à de uma pessoa. Ter limites significa ter estratégia. Tão só isso. E uma estratégia que vá de encontro aos objectivos da marca, adequada à plataforma e aos públicos-alvo. E isto é o bom senso.

 

Se para ir ao encontro dos objectivos for necessário estabelecer um guião, assim seja.

 

Termino referindo que o Fernando concorda comigo. Tem que haver estratégia. E esta depende de várias variáveis.

publicado por Rodrigo Saraiva às 19:40
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De João Oliveira a 11 de Dezembro de 2010 às 12:48
Se para ir AO encontro dos objectivos...
De Rodrigo Saraiva a 12 de Dezembro de 2010 às 17:47
obrigado pela chamada de atenção. A pressa é inimiga da perfeição.

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

arquivos

pesquisar

subscrever feeds