Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Procura-se jovem RP com garra e talento!

 

Estão abertas as inscrições para a Young Lions Competition 2012 e, como tem vindo a ser hábito, haverá uma primeira fase de selecção dos representantes portugueses das mais diversas categorias, e uma segunda fase de competição entre representantes dos vários países, em Cannes.

 

Nesta edição, à semelhança do que aconteceu no ano passado, haverá uma categoria de "Relações Públicas"! Não podemos deixar de felicitar a APPM, Sponsor Oficial da categoria e a organização por contemplar a área em tão prestigiada competição!

 

Fica o desafio para todos os que têm até 28 anos, à data do Festival Cannes Lions, e trabalham em alguma empresa de comunicação, publicidade ou relações públicas, sedeadas em Portugal.

 

Podem consultar aqui o regulamento, e fazer aqui o download do briefing. Estão abertas incrições até dia 2 de maio!

 

O vencedor, como não poderia deixar de ser terá como oferta a inscrição na 58ª Edição do Festival Cannes Lions, viagem e hotel em Cannes. 

 

Quem se atreve?

 

 

Nota: Artigo rectificado pelas 16 horas do dia 23 de abril.

publicado por Virginia Coutinho às 12:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

patriotismo

Esta acção podia muito bem acontecer em Portugal.

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 17:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Cannes Lions Review 2010 - a frase

"isto na Comunicação é sempre a mesma coisa. Tem é que se mudar todos os dias."

João David Nunes

publicado por Rodrigo Saraiva às 09:42
link do post | comentar | favorito

Cannes Lions Review 2010, mais uma visão e um despertar

Uma das pessoas que encontrei ontem no Cannes Review foi o Sr. Rabanéa, que já escreveu, no seu tom característico, a sua visão do que ontem se passou. Não estive tanto tempo como ele no evento e não adjectivaria as coisas como ele, mas parece que a opinião não diverge muito.

 

Também encontrei o The Eventologist, mas esse no que diz respeito a blog ainda está de férias.

publicado por Rodrigo Saraiva às 09:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

O Engagement nas Public Relations em debate no Cannes Lions Review 2010

 

Ainda na ressaca do anúncio das novas medidas de austeridade propostas pelo Governo, António Figueira, da Cunha Vaz & Associados, acredita que “todas as coisas más têm pelo menos uma coisa boa”.

 

António Figueira foi um dos cinco profissionais do sector da consultoria de comunicação com responsabilidades de chefia nas suas empresas que estiveram presentes esta Quinta-feira num dos painéis de debate do Cannes Lions Review 2010, que este ano tem como mote principal o Engagement no âmbito dos sectores da comunicação e da publicidade.

 

Aquele responsável da Cunha Vaz, num tom perfeitamente ajustado à conjuntura de profunda crise económica e financeira que Portugal atravessa, considera que será possível retirar-se algo de “construtivo” e de “inovador” do difícil momento que se vive. António Figueira acrescente que em momentos como este é essencial que os profissionais do sector sejam capazes de encontrar as oportunidades para mudar de paradigmas.

 

Centrando-se muito concretamente no sector das Public Relations, António Figueira toca num ponto muito importante, e que não sendo novidade para mercados mais maduros, é ainda um mundo a descobrir pelas empresas, organizações ou outras entidades nacionais. Os decisores destas, na opinião do consultor, deveriam começar a ser sensibilizados para as virtudes das Public Relations quando comparadas com a aposta excessiva em termos de budget na publicidade ou marketing.

 

António Figueira, e relembrando as melhores práticas internacionais em termos de Public Relations, não deixou de dizer que a aposta neste tipo de comunicação integrada será muito mais “rentável” e “interessante” para as empresas em Portugal do que optarem por estratégias de marketing e publicidade conservadoras e desajustas à complexidade das novas realidades sociais.

  

Seguindo este princípio, Salvador da Cunha foi mais longe ao desafiar os “clientes” a canalizarem pelo menos 5 por cento dos orçamentos totais destinados à publicidade e marketing com destino a campanhas de Public Relations. E, em tom premonitório, Salvador da Cunha disse que o dia em que os gestores e decisores estiverem sensíveis a esta mudança de paradigma “vão ver as maravilhas que se conseguem fazer”.

 

Esta evolução na prática das Public Relations em Portugal é hoje em dia aceite (pelo menos em termos de modelo) pela maioria dos profissionais da comunicação. Mas, subjacente a esta dinâmica existe a problemática do reconhecimento do próprio sector, assim com a sua falta de notoriedade.

 

Foi precisamente no âmbito da reputação da profissão que a Catarina Vasconcelos da LPM recorreu a um estudo da GFK feito em parceria com o Wall Street Journal e levado a cabo a nível internacional. O documento hierarquiza as várias profissões, colocando os consultores de comunicação em Portugal a meio da tabela.

 

Tudo isto remete para a questão central, e sublinhada pela consultora LPM, que tem a ver com “percepção que as pessoas têm em relação ao sector”. E neste caso em concreto, quando se fala de pessoas está-se a falar de gestores e decisores e na forma como estes vêem as consultoras de comunicação.

 

A partir daqui, a Catarina Vasconcelos chegou a duas questões: Qual a melhor forma de explicar o que é um consultor de comunicação? De que forma os consultores promovem o seu próprio sector?

 

Ambas ficaram sem resposta, mas foi dado um importante contributo para a reflexão sobre estas matérias.

 

Redireccionando o debate para casos concretos de Engagement, Maria João Lima da Marketeer e moderadora deste debate, apresentou Rui Camarinha da GCI, que trouxe à audiência o interessante projecto da Carris “Menos Um Carro”, como exemplo da concretização de uma estratégia plena de Public Relations na sua essência mais completa.

 

Trata-se do projecto bandeira da GCI e que Rui Camarinha enquadrou no novo paradigma do Public Engagement assumido como vector essencial da actividade daquela consultora.

 

Partindo do princípio que tudo está em “mudança” e que existe uma “crise de confiança”, Rui Camarinha falou em sete princípios que orientam o novo modelo de comunicação integrada e que deve envolver todos os stakeholders, porque todos “têm o mesmo peso”.

 

Ouvir opiniões e estudar; participar e interagir; desenvolver conteúdos de domínio universal; identificar e envolver os parceiros; assumir o papel de advogado do diabo para se perceber todos os pontos de vista; correr riscos; medir resultados de forma cirúrgica.  

 

Estes sete princípios sustentam o paradigma do Public Engagement, que de certa forma encontra paralelo na “solução integrada” proposta pelo Pedro Reis da Imago. Esta “solução integrada” apresentada pela consultora de comunicação não deve ser mais do que um reflexo da “visão integrada da realidade”, observou Pedro Reis.

 

Neste novo modelo de comunicação, o nível de exigência aumenta e é fundamental que se aposte na “especialização”, sobretudo através de parcerias.

 

Mas, para Pedro Reis, é imprescindível a concretização de uma estratégia digital e on line para que as Public Relations explorem todas as suas potencialidades. E aqui, aquele gestor considera que é preciso uma “linguagem própria” para a qual os clientes ainda não estão preparados, porque “são pouco sofisticados” na área da comunicação digital.

 

Seja como for, Pedro Reis considera que o futuro das Public Relations passa pela social media, enquanto resultado da mesma, mas igualmente como sua fomentadora através do fornecimento de conteúdos. Uma área que está ainda por explorar por parte das consultoras de comunicação em Portugal.

  

publicado por Alexandre Guerra às 20:52
link do post | comentar | favorito

Public Relations no Cannes Review 2010

O Cannes Review 2010 já começou. Hoje pelas 15h15, como já aqui referido, terá lugar o painel Public Relations.

O programa final de participantes e moderador ficou então assim: (informação daqui)

 

  • António Figueira (Cunha Vaz)
  • Salvador Cunha (Lift)
  • Catarina Vasconcelos (LPM)
  • Rui Camarinha (GCI)
  • Pedro Reis (Imago)
  • Moderador: Maria João Lima (Marketeer)

 

O PiaR estará presente. Talvez a twittar.

publicado por Rodrigo Saraiva às 12:23
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

Cannes Lions Review 2010 (actualizado)

A MOP organiza pelo segundo ano consecutivo o Cannes Lions Review 2010, uma iniciativa que decorrerá de 30 de Setembro a 3 de Outubro e que tem como objectivo dar a conhecer aos profissionais do sector e ao público em geral os trabalhos galardoados em Cannes com Grand Prix e Leão de Ouro. O local escolhido foi o Museu da Carris, junto ao Largo do Calvário, Alcântara.

 

Durante o dia 30 de Setembro e a manhã do dia 1 de Outubro, datas dirigidas exclusivamente a profissionais, serão promovidas conferências que visam potenciar o debate e a reflexão sobre as principais tendências e desafios das diversas áreas da comunicação e da publicidade. O painel de PR está marcado para as 15h15 de dia 30 e contará com a presença de responsáveis da LPM, GCI, Cunha Vaz e Lift. Não deixa de ser curioso que é o único painel que ainda não tem moderador confirmado.

 

A exposição dos trabalhos premiados em Cannes abre ao público em geral a partir da tarde de dia 1. E nessa noite haverá uma festa.

 

adenda: fonte amiga informa-me que afinal já existe Moderador, que será o João Adelino Faria, bem como mais um player do sector nos oradores, em representação da Imago. O post foi feito seguindo a informação presente no site.

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 10:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Word of Mouth - Ariane Feijó

 

  

 

 

Festival de Relações Públicas de Cannes

 

por: Ariane Feijó

Gestora de conteúdos e parcerias - Promoview

 

Jamais imaginei, como relações públicas apaixonada por Relações Públicas,  participar de um festival de publicidade (!) em Cannes. E certamente se isso tivesse acontecido há 5 ou 10 anos a sensação não teria sido a mesma de ter participado nesta última edição. Para mim foi uma grata surpresa estar no meio de colegas de comunicação e amigos que foram de bastante longe até o Palais des Festivals receber um Silver Lion justo na categoria de PR. De todas as vivências de cinco dias em Cannes, para mim o que valeu foi constatar o quanto aquele conceito já bastante repetido começa, finalmente, a realmente se apropriar de seu significado: a comunicação integrada.

 

Um evento da magnitude de Cannes traz para qualquer profissional benefícios que vão além da participação em palestras, workshops ou cerimônias de premiação (e das festas, encontros e eventos que acontecem nos hotéis e nas plages!). É um momento único de vivenciar experiências de comunicação com profissionais das nossas áreas de todo o mundo; uma imersão nesse nosso universo paralelo, feito de idéias, criatividade, campanhas, ações, planos e projetos. É a chance de enxergar em escala global o que cada nuance cultural torna as relações públicas únicas em cada lugar deste planeta que habitamos. É um encontro com o verdadeiro significado da palavra Cultura, em toda a sua dimensão.  Sempre fui fã de carteirinha dos encontros profissionais e o que vi na Côte d’Azur me estimulou ainda mais a difundir a importância e o valor dos mesmos.

 

Tive a chance de conversar com vários profissionais e jurados de algumas categorias não-publicidade, mas me atenho aqui às palavras de Rosana Monteiro, diretora da Ketchum para o Brasil e única jurada lusófona da categoria de RP: os relações públicas precisam aprender a se vender! Tenho certeza que esta frase não é novidade para ninguém.  Nós, afinal de contas, somos (ou éramos?) os profissionais dos bastidores do palco, da preparação do discurso do presidente, da organização do evento de comunicação interna ou da reunião com os governantes do País. Salvo raríssimas exceções, nunca estamos no palco, discursando, falando para centenas de funcionários num evento de comunicação interna ou nos reunindo com o poder máximo de nossos países.  Rosana bateu muito na tecla da qualidade dos cases apresentados, do foco nos resultados com a mesma força do que o foco no planejamento, de nos integrarmos às outras disciplinas da comunicação para preparar apresentações em festivais como Cannes – uma metáfora do que, há tempos, sabemos que deveria acontecer no mercado. Foram pouquíssimos o cases lusófonos apresentados  e, dentre estes, menor ainda o número de cases inscritos por agências de RP. Nossa categoria em Cannes não teve ainda Bronze Lions, devido ao baixo número de inscrições.

 

É fato: há muito o que melhorarmos, mas também muito do que nos orgulharmos. A bela campanha da Leo Burnett para o LIDL (A Maratona pela Água) trouxe um Silver para Portugal.  O Brasil levou três. Todos eles para agências de publicidade, numa categoria que concorre a leões em Cannes pelo segundo ano. Ainda usando as palavras da Rosana, “temos que nos apropriar da categoria de RP”. Precisamos nos preparar, inscrever, convidar os clientes para inscrever junto conosco, apostar nas nossas histórias de sucesso e fazer parte, de vez, desse incrível contexto de comunicação que temos a oportunidade de vivenciar nos dias de hoje. Para finalizar, na quarta-feira recebemos um release do presidente do júri de RP e CEO da Hill & Knowlton, Paul Taaffe, propondo a mudança do nome do festival para abarcar todas as disciplinas que se fazem presentes. "Cannes não é mais um festival apenas de publicidade”, disse Taaffe. Enxergo, assim, que  vivemos um marco histórico neste ano de 2010. Esta conscientização do mercado marca o ano e a vez das Relações Públicas no quase hexagenário Festival de Publicidade de Cannes. Agora é tudo conosco: a batuta para reger a comunicação na nossa posição de relações públicas genuínos nunca esteve tanto em nossas mãos.

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 08:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

Word of Mouth - teaser - Especial Cannes

E o que se passou em Cannes?!

 

O PiaR não esteve presente, mas conseguiu receber um contributo para um Word-of-mouth especial, que nos dá a visão do que por lá se passou para os Public Relations, em especial aqueles que falam a língua de Camões. Uma visão pertinente para aquilo que se pode vir a passar nos próximos anos.

 

Amanhã publicaremos um texto da Ariane Feijó.

 

A Ariane é formada em Relações Públicas pela UFRGS/ Brasil, e pós graduada em Marketing pela PUC-RS. Durante 5 anos trabalhou nas áreas de comunicação corporativa e marketing da Dell Computadores no Brasil e actualmente é gestora de conteúdos e parcerias para o site Promoview, que aborda exclusivamente notícias sobre marketing promocional e Relações Públicas, em língua portuguesa.

 

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 15:14
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

Gosto muito de te ver leãozinho

Não é preciso gostar da música do leãozinho para passar pela Estação de Metro do Terreiro do Paço nos próximos dias. Basta gostar de publicidade e comunicação.

 

Depois de muitos anos de obras e as habituais derrapagens, eis uma boa maneira de rentabilizar uma estação do metropolitano, nas suas galerias e plataformas.

 

Cannes Lions Review

 

Lisboa recebe a melhor publicidade do Mundo


A Estação de Metro do Terreiro do Paço, será uma paragem obrigatória de dia 7 a 9 de Novembro. Todos os interessados no mundo da comunicação publicitária, poderão ver de perto, naquela estação, o melhor que se faz no sector publicitário.

 

A exposição Cannes Lions Review, permitirá, durante três dias, das 10h00 às 22h00, com entrada grátis, apreciar os 226 trabalhos premiados com Leão de Ouro na edição 2009 do Festival de Publicidade de Cannes.

 

A exposição é composta pelos melhores trabalhos nas categorias de Impressa, Outdoor, Televisão, Marketing Directo, Relações Públicas, Media, Internet e Design, oriundos dos quatro cantos do mundo, desde o Japão aos Estados Unidos, passando pela Austrália.

 

Uma oportunidade única de observar o “State of the Arte” da indústria da Comunicação Publicitária Mundial.

 

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 23:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

PR depois de Cannes

O que são, na verdade, as Public Relations hoje em dia? O que fazem?

 

Esta é uma questão que vinha a ser alvo de reflexão desde algum tempo, mas depois do festival de Cannes, com a sua primeira edição de prémios para PR, o tema entrou mesmo na ordem do dia.

 

Os grandes prémios de PR foram atribuídos a agências de publicidade. O que fez com que no mundo da Comunicação começassem todos a olhar uns para os outros a ver quem pisa os calos de quem.

 

Mas antes disso, cada um tem de pensar a sua própria casa!

publicado por Rodrigo Saraiva às 15:27
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

PR invadem Cannes

Cannes abriu as portas às Public Relations e estas responderam positivamente.

 

Cerca de 400 agências, de 45 países, a caminho de Cannes.

 

Via PRWeek UK

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 17:25
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Banda Sonora das PR

Depois desta noticia, muitos irão começar a sonhar com o animalzinho. Eu próprio pensei nisso.

 

Para que muitos se possam inspirar, fica um pequeno contributo do PiaR.

 

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 18:38
link do post | comentar | favorito

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro