Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2014

Esquizofrenia comunicacional?

Estes dois jornais foram publicados hoje.

Ambas as fotos foram tiradas no SISAB Portugal.

O "objecto" das notícias é o mesmo (tema e protagonista).

Eu sei que tenho problemas de leitura, mas parece-me que a mensagem transmitida em cada uma delas é completamente oposta à outra ("disponível para falar" mas "rejeita apelo (...) para um entendimento").

Isto levanta-me algumas questões: Os jornalistas ouviram mal? Foram ditas coisas diferentes em momentos diferentes? Há nuances linguísticas no discurso, perceptíveis apenas a mentes iluminadas? Ou apenas que está disponível para falar, só para poder transmitir directamente que rejeita entendimentos?

Será que é isto que se chama adaptar a mensagem ao público-alvo? (que claramente não sou eu)

Ò dúvidas...

publicado por Telmo Carrapa às 15:46
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De cristof a 18 de Fevereiro de 2014 às 20:37
É a diferença entre bom jornalismo e o de sarjeta.
Quando a escolha por bons jornalistas seguir as tendencias na web já em ebulição nos EUA e até inglaterra vamos ver muitos "liberations" a morrer logo que se acabe os subsidios.
De menina a 19 de Fevereiro de 2014 às 17:52
De qualquer modo, ele apalpa a laranja...

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro