Terça-feira, 2 de Junho de 2009

Reflexão sobre o Dia de Reflexão

Numa troca de opinião, ontem à noite no twitter, com o Nuno Gouveia e hoje de manhã com o Miguel Albano no facebook surgiu a questão da justificação, ou não, da manutenção do “dia de reflexão” que antecipa os actos eleitorais.

 

Este dia não inibe apenas os candidatos de apelar ao voto mas também, por exemplo, os media de noticiarem sobre a campanha em questão. Os semanários de sábado, sendo que o Expresso já anunciou que assim o fará mais uma vez, antecipam a sua edição para a sexta-feira.

 

Diz o Miguel «O que é que é o dia de reflexão ? parece-me uma coisa deveras ultrapassada no contexto da sociedade da informação e interacção permanente».

 

E parece-me uma questão bastante pertinente.

 

Acredito que este assunto, a curto prazo, poderá estar na agenda. Sendo certo que haverá muitos “puristas” do sistema a defender a manutenção do dia.
 

Será bom de ver os argumentos e posições de políticos, jornalistas e editores, politólogos, consultores, entre outros, relativamente a esta matéria.

 

Lançado está o tema! Quem opina?
 

publicado por Rodrigo Saraiva às 11:08
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Bruno Ribeiro a 2 de Junho de 2009 às 15:33
Não me parece que o 'dia de reflexão' traga qualquer vantagem ao exercício da democracia. E hoje em dia, menos aplicação tem com a proliferação de blogs, social networks e do twitter a 'tornearem' o tema. Também aqui será 'proibido' abordar o tema?
De z a 3 de Junho de 2009 às 13:14
o dia de reflexão faz todo o sentido, mais não seja para que os portugueses se lembrem da palavra "reflexão", coisa a que não estão muito habituados;
serve também para os próprios políticos também se esquecerem das promessas inconsequentes, mas também serve para tirarem a caraça de campanha, e portarem-se ligeiramente mais de acordo com as suas funções, poderia ser ridículo vê-los na noite das eleições ainda como se tivessem em campanha.
O circo eleitoral está cada vez mais ridículo, os debates são uma nulidade, parece que inspirados num combate de wrestlig que já se sabe como se vai jogar nas habilidades mútuas pré-acordadas.
Como estão, até podem acabar com as campanhas eleitorais, mas não acabem com o dia de Reflexão que é o melhor da campanha eleitoral, e até faz bem aos portugueses, ainda por cima este semestre estamos presenteados com três.

z

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro