Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

To be or not to be ...

Em conversa recente com outro profissional da Comunicação lá veio á conversa a questão de qual a diferença entre um Assessor e um Consultor!


A certa altura ouço que a expressão Consultor talvez tenha surgido no meio pois a de Assessor soava um pouco a uma profissão “rasca”. Que no fundo todos fazíamos o mesmo.
 

Percebi o que estava a ouvir, mas não subscrevi.
 

E lá fui dizendo que criei para mim próprio as características que me fazem diferenciar um de outro, pois não é apenas ter a função na assinatura que nos torna uma coisa ou outra.
 

Tendo sido questionado qual seria então a diferença, disparei um exemplo:
 

O Assessor e o Consultor vão de manhã, cada um no seu carro a caminho do trabalho e ambos a ouvir a TSF. A certa altura, no meio dos noticiários e programas matinais é anunciado o tema que estará em debate no programa FórumTSF. E ambos têm clientes com interesse no assunto. A diferença é que o Assessor irá ouvir o Fórum e no final fará um relatório para o cliente a dar nota do que foi dito, o Consultor ligará logo ao cliente a dizer que terá de intervir no programa.
 

É certo que isto não será uma verdade absoluta, mas são as linhas de análise que vou usando.
 

publicado por Rodrigo Saraiva às 13:05
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Domingos Pereira a 20 de Maio de 2009 às 23:02
Viva,

Bom, a pergunta fez-me pensar, até porque nunca tinha sido confrontado com o dilema. Fiz uma pequena pesquisa e concordo com a clara separação dos termos e profissões.
De forma muito simplista diria que o assessor é parte integrante da organização e o consultor é um profissional externo procurado para avaliar e intervir no processo organizacional. Um assessor é o profissional que assegura parte das funções de outrem, como da sua chefia por exemplo, não deixando de ser conselheiro, mas é mais um cão de caça que um caçador. O consultor é um especialista, como um médico que procuramos para diagnosticar e resolver o nosso problema.

Bom, uma outra forma de diferenciar é dizer que um se remete à gestão e o outro à comunicação, mas apesar de haver quem concorde com esta separação, não me parece a mais correcta.

Ficam as ideias.

cmpts
Domingos Pereira
http://comunicacao-organizacional.blogspot.com

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro