Quarta-feira, 4 de Julho de 2012

Já chega de Relvas!

 

Serei a única que não está chocada com a situação com a licenciatura de Miguel Relvas?

 

Qual é o espanto de alguém com tal currículo ter feito a licenciatura num ano, através de exames? Milhares de pessoas por ano, em Portugal, fazem um livrinho com textos sobre os filhos e fotografias da família e ficam com o 9ºano... Depois aprendem a trabalhar no Word e no Excel e ficam com o 12ºano!

 

 

Viva as novas oportunidades!

tags:
publicado por Virginia Coutinho às 22:05
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Não incomoda? a 4 de Julho de 2012 às 23:02
Inscreveu-se pela primeira vez no ensino superior em 1984, no curso de Direito da Universidade Livre, uma instituição privada. Em 1985 concluiu, após frequência escrita e prova oral, a disciplina de Ciência Política e Direito Constitucional, com a classificação de 10 valores. Em Setembro desse ano pediu transferência para o curso de História, ainda na Universidade Livre. Matriculou-se em sete disciplinas, mas não fez nenhuma. Em 1995/96 pediu reingresso na Universidade Lusíada para o curso de Relações Internacionais. Não frequentou nenhuma cadeira. [3]. Em Setembro de 2006 requereu a sua admissão à Universidade Lusófona. A Universidade Lusófona analisou o “currículo profissional”, bem como a frequência dos “cursos de Direito e História” anos antes. Em Outubro de 2007 Miguel Relvas concluiu a licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais, curso com um plano de estudos de 36 cadeiras semestrais distribuídas por três anos, com a classificação final de 11 valores. Esta licenciatura foi concluida em apenas um ano.

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro