Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

ranking global

No ano passado só em Novembro demos nota do ranking mundial 2010 das PR Agency, elaborado pelo The Holmes Report.

 

Tendo em conta os resultados de 2009 a liderança cabia à Weber Shandwick, consultora pertença do grupo Interpublic e presente em Portugal através de parceria com a D&E. Desta feita, seguindo análise a informações de 2010, o topo da tabela cabe à independente Edelman, presente em Portugal através de acordo de afiliação com a GCI.

 

 ver tabela das 250

 

No Top10 esta é a grande novidade, sendo de destacar que todas apresentam crescimento nos resultados. Destas 10, acreditando em informação presente em sites e transmitida em tempos em notícias, todas acabam por ter um dedinho em Portugal. Mas presença directa (com escritório próprio) só duas, a Hill & Knowlton, que sobe um lugar, segundo a notícia devido à fusão com a Public Strategies, e a Ogilvy PR.

 

No ano passado eram referidas 3 consultoras nacionais, mas neste ranking só duas se mantêm. O Grupo Lift, que desce 15 lugares (de 124º para 139º), pese embora (se os olhos não me enganam) apresente o maior aumento percentual de resultados financeiros de toda a tabela, e a C&C com descida de resultados e também de lugares (de 174º para 244º). A ipsis não surge nesta edição.

 

De consultoras com presença directa em Portugal (mais uma vez se os olhos não falham) encontramos ainda a Porter Novelli (15º), Lewis PR (38º), Inforpress (80º) e Tinkle (117º).

A KREAB Gavin Anderson surge em 21º, mas nunca sei se considero a sua presença em Portugal como directa ou indirecta.

 

Para quem acompanha o sector em Portugal, há ainda a nota curiosa da presença da Llorente & Cuenca em 51º, sendo a primeira espanhola.

 

A falta de presença de mais informação de empresas nacionais deve prender-se com duas principais razões. Por um lado não somos um mercado suficientemente atractivo para que o The Holmes Report tente ter mais informação, por outro nem as muitas empresas nacionais, nomeadamente as maiores, nem qualquer associação se mexem para que isso seja uma realidade. Pode não parecer, mas custa-me mais a primeira, pois a relevância não se adquire apenas pela dimensão.

 

E nós por cá? Como ficou o ranking referente a 2010?

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 09:33
link do post | comentar | favorito

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro