Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

Mensagem para o Álvaro

 

Todos andamos com os olhos postos em Álvaro Santos Pereira

 

Por um lado, pela relevância que assume a pasta da Economia, por outro lado pelo cepticismo de alguns face a 2 factores: inexperiência "governativa" e o facto de ter passado os últimos 15 anos da sua vida fora de Portugal.

 

Não vejo os factores mencionados acima como negativos... No entanto, desta última semana, recordo-me de dois momentos que considero "menos felizes" por parte do Ministro, que queria aqui mencionar:

 

 

1-"Gostaria que Portugal se transformasse na Florida da Europa" - Muito bem senhor ministro! Já em 2007 Henrique Agostinho disse o mesmo e escreveu-o no seu livro "Vende-se Portugal". 

 

2- "Chamem-me Álvaro" - E eis que é impossível não ter marcas dos 15 anos fora de Portugal! Senhor Ministro, em Portugal não pode pedir para lhe chamarem simplesmente "Álvaro"... O respeito por um Ministro já não é muito, se ainda querem ter a postura de "amigos de café" não me parece que vá resultar. Admito que eu possa ser da "velha guarda", mas vi isso como um "tiro no pé", uma tentativa de transpor uma realidade que não se adequa a Portugal.

 

Sublinho, em jeito de remate, que continuo com confiança no trabalho de Álvaro Santos Pereira e neste novo Governo.

publicado por Virginia Coutinho às 09:03
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Virginia Coutinho a 27 de Junho de 2011 às 10:48
Depois do alerta do meu colega Rodrigo, queria aqui sublinhar que o ponto 1 foi abordado no livro de Álvaro Santos Pereira, "Portugal na Hora da Verdade -
Como vencer a crise nacional", editado este ano.

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro