Terça-feira, 12 de Abril de 2011

O empreendedorismo estudantil

 

Decorreu no passado fim-de-semana o 1º ENECC, Encontro Nacional de Estudantes de Ciências de Comunicação, em Peniche. 

 

 

O evento de 3 dias, organizado por 8 alunos do ISCSP, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, teve desde momentos mais didácticos, como uma tarde de palestras, a imensas outras actividades que permitiam a interacção e estabelecer de relações entre os participantes, de diversas faculdades do país.

 

Enquanto aluna, fundei e organizei o ENEMC, Encontro Nacional de Estudantes de Marketing e Comunicação que, infelizmente, não teve edição neste ano lectivo, e não posso deixar de felicitar aquele grupo de alunos que teve uma ideia e a levou avante!

 

Tenho por hábito criticar a inactividade estudantil e todos aqueles que passam 3 ou 4 anos agarrados aos livros pensando que esse é o caminho. Critico ainda aqueles que, depois desses 3 ou 4 anos anos, ainda optam por tirar um mestrado de 7000€, julgando que será essa a solução.

 

No entanto, assumo que a culpa poderá não ser apenas dos alunos… Numa grande parte das vezes a culpa é também do corpo docente. Professores que estagnaram e leccionam motivados pelos chorudos salários da vida académica, e cujo tempo que perdem a actualizarem-se é a ler a Bola. Professores, cuja glória dos anos 80 lhes permite estar ainda no ensino… Professores, cuja experiência profissional é menos de 1/10 do tempo que leccionam. Professores que não sabem orientar os seus alunos enquanto futuros profissionais.

 

A todos os que leccionam fica o apelo para que tentem tornar um pasto normal num pasto de "vacas roxas". 

Àqueles alunos ficam os Parabéns e votos de que nunca percam esse espírito de iniciativa e ousadia!

 

publicado por Virginia Coutinho às 09:19
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De zé gato a 12 de Abril de 2011 às 14:13
Vê-se mesmo que nunca leste "A Bola", o jornal desportivo mais especializado do país, com grandes profissionais na sua equipa de redacção, que todos os dias trabalham com afinco para fazer sair mais um excelente número.
De Virginia Coutinho a 12 de Abril de 2011 às 15:46
Olá "Zé gato"

Não duvido disso! Não era intenção inferiorizar "A Bola", mas criticar a falta de interesse de uma parte dos docentes em manterem-se actualizados em relação às áreas em que leccionam, neste caso concreto, comunicação/marketing.:)
Cumprimentos
VC
De Zé gato a 12 de Abril de 2011 às 16:16
Eu percebi mas, infelizmente, comentários com referências como essa são feitos vezes demais. É a mesma coisa que falar "daquelas pessoas que só sabem ler notícias no Correio da Manhã", como se aí se escrevesse mal ou se escrevessem mentiras. Sendo da área, há que ter mais cuidado com este tipo de referências. Apesar deste parentesis, concordo com a opinião sobre os que não evoluem para lá do que vem nos livros, sejam eles alunos ou docentes. Embora seja cada vez mais difícil tomar uma posição desviante positiva sem cair numa marginalidade (i.e. posto à margem) que não nos leva a lado nenhum e só desgasta o valor por aquilo que lutamos. Quase todos preferem seguir a via da moda por ser mais fácil. Noutros países não é assim, mas nós para já, temos de aguentar, ou melhor, continuar a fazer por que se mudem as mentalidades!

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro