Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

UpC, porquê uma União para a Comunicação?

Na sequência de uma discussão iniciada a partir de um post meu no FB, aqui ficam as minhas razões para a criação de uma União para a Comunicação (como repararão é uma transcrição integral do texto fundador da CEP):

 

"a) Representar, interna e externamente, as actividades económicas nacionais ligadas à indústria da comunicação;

b) Contribuir para o progresso da economia de mercado e da iniciativa privada;

c) Apoiar empresas de todas as dimensões e sectores associados e relevantes, com autonomia e independência;

d) Ser porta-voz das empresas, assumindo e defendendo os seus legítimos interesses e formulando propostas junto de instâncias políticas, económicas, sociais, culturais, incluindo as organizações sindicais, a nível nacional, europeu e internacional;

e) Ser um parceiro essencial do diálogo social e negociar, em nome das empresas, com os parceiros sociais e o poder político, tanto a nível nacional como europeu e internacional;

f) Ser um agente de mudança em diálogo com a sociedade civil, promovendo e assegurando o crescimento sustentável das empresas e da economia portuguesa, no quadro da globalização.

g) Reflectir sobre o futuro, sobre o posicionamento do Estado, da Sociedade Civil e da Comunidade empresarial, indicando caminhos para um novo modelo"

 

Acho que muitos ainda não perceberam que a divisão só produz entropia, e com ela só se perdem oportunidades a nível nacional e internacional...o que seria uma estrutura destas, por exemplo, a negociar interna e internacionalmente, condições para o desenvolvimento das diferentes empresas constituintes das associações de referência?

 

Esta proposta não invalida outras que para aí circulam relativamente a um orgão regulador do acesso à profissão de comunicador  e de regulação do seu exercício.

 

Gostava mesmo muito que todas as pessoas responsáveis pensassem mais no que une as diversas partes , do que naquilo que as separa. Doutra forma nunca se irá a lado algum. É uma questão de atitude.

publicado por Antonio Marques Mendes às 22:58
link do post | comentar | favorito

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro