Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

uma reflexão sobre o sector

Hoje na Meios vemos a notícia de uma aquisição internacional, por parte da Lewis PR. Já recentemente tinham sido notícia duas aquisições pela Edelman, no Brasil e Holanda.

 

Pode ser um lugar comum, mas há quem na crise esteja atento às oportunidades. Serão compras a baixo custo? Talvez. Curiosamente o Alexandre neste post falava de aquisições de Consultoras nacionais, das principais, e do seu putativo fraco potencial de atracção. E estes apontamentos levam a uma reflexão sobre o sector. Daquelas análises que, de tempo a tempo, se fazem.

 

No mercado nacional temos exemplos de aquisições pelas multinacionais, em alguns casos foi a sua forma de entrada em Portugal. Outras entraram directamente e há as que estão presentes através de acordos de parceria / filiação. E estas últimas certamente em permanente monitorização e de olho no estado da arte.

 

Como bem se sabe, e nem seriam precisos rankings para esta conclusão, o sector nacional do Conselho em Comunicação é liderado por empresas nacionais. Curioso num país que nem sempre sabe defender e promover os seus. E olhando a nuestros hermanos, sempre tão prontos a cerrar fileiras, há multinacionais muito bem colocadas na liderança do sector.

 

Quase que podemos dizer que o sector da Comunicação dá lições de patriotismo. Mas será só isso? Não. O principal factor é humano. Lá está a tal questão da influência. Esta constrói-se. Ao longo do tempo. Bastaria a força de uma marca? Sim. Mas nesta actividade as marcas internacionais não são (ainda?) reconhecidas.

 

E isto é tendo por base factos concretos. Pois muitas vezes existem boatos. Recordo um de uma possível fusão entre duas das principais Consultoras nacionais para uma posterior aquisição por uma multinacional. Mas de possíveis investidas internacionais também existem notícias.

 

Pensando nestas questões não fica também ausente de análise as empresas nacionais que têm apostado na sua internacionalização. Larga maioria no universo lusófono, mas outras com diferentes apostas geográficas.

publicado por Rodrigo Saraiva às 16:22
link do post | comentar | favorito

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro