Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

ranking: as coisas no lugar certo

Nesta história dos rankings sempre afirmei que dificilmente se chegará a um modelo que a todos satisfaça. Nem que seja porque cada empresa tem as suas particularidades, a sua própria filosofia, orgânica e metodologias. E deveremos falar em empresas ou em grupos?

 

Mesmo que na forma se chegue a um consenso, estaremos a comparar o (in)comparável?

 

É que lendo este post questiono-me: o Grupo Lift não deveria estar num ranking com, por exemplo, Ativism, Grupo BO ou Brandia Central?

E lendo este (mesmo que as palavras não sejam do próprio) a Youngnetwork, juntando as operações de Portugal, Croácia, Macedónia, Angola e Moçambique, poderia estar num ranking destes(?).

publicado por Rodrigo Saraiva às 10:20
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Rodrigo Saraiva a 20 de Agosto de 2010 às 16:28
são 16h25:
reparei agora que me esqueci de colocar o último link (que remete para um site americano). As minhas desculpas a quem, entretanto, já tinha lido o post.

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro