Sábado, 26 de Setembro de 2009

Uma lei que já não faz sentido

Hoje é o designado "dia de reflexão". Nos dias em que vivemos, com a velocidade a que a informação circula e a facilidade que existe na comunicação física ou virtual, eis uma regra cuja validade já acabou.

 

Sobre este assunto vale a pena recordar estes três posts (1 - 2 - 3 ) aqui no PiaR e os links lá referidos.

 

publicado por Rodrigo Saraiva às 19:40
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De bruno amaral a 26 de Setembro de 2009 às 21:02
Talvez a lei por si só pareça não fazer sentido. No entanto ela surge como a única mensagem onde se incentiva a ponderação.

Numa altura em que os nossos partidos políticos sofrem uma crise de valores demonstrada pelas taxas de abstenção, a comunicação dos partidos focou hot buttons. Mudam os temas e algumas técnicas, mas trata-se de agenda setting na pior acepção da palavra porque não faz baixar a abstenção (http://abs.sagepub.com/cgi/content/abstract/49/3/379). Mas sim, alguns temas nunca mudam (http://www.whit.me/tgv).

Se amanhã os resultados mostrarem que a abstenção se mantêm então está na altura de os profissionais de comunicação pararem para pensar se estão ou não a fazer um bom trabalho e a defender a democracia.

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro