Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

O sector em 2008

Nos últimos dias têm vindo a público algumas notícias internacionais que demonstram, ao contrário das previsões de há um ano atrás, que o sector das Public Relations não passou pela crise económica sem feridas.
 

Dois dos principais grupos de comunicação mundiais, o WPP e a Huntsworth, apresentaram resultados negativos e este último anuncia, em consequência, uma profunda reestruturação das suas agências de PR. Recorde-se que o Grupo Publicis, outro gigante da comunicação, também anunciou recentemente mudanças no sector das PR no grupo.
 

Tal como aqui questionei, qual será o cenário em Portugal?
 

Analisados os dados existentes pode-se concluir que o sector cresceu em termos brutos. E se cresceu, imagina-se que terá aguentado as limitações orçamentais dos clientes. Mas qual a razão para que o sector nacional tenha sobrevivido à crise? E será que todas as agências e consultoras podem respirar com calma?
 

Olhando para os valores de facturação e comparados com o ano transacto fica demonstrado que o crescimento verificado no mercado tem a sua sustentação nas empresas que apostaram na internacionalização, nomeadamente no mercado lusófono, com incidência em Angola.
 

Os números de facturação dizem-nos que o sector em Portugal terá crescido na casa dos 4%, mas não fosse a tal facturação “internacional” e poderíamos estar a falar de um decréscimo próximo dos 9%.
 

Estamos a falar de uma subida de cerca de € 32 570 000 em 2007 para € 33 900 000 em 2008. Fazendo o tal desconto internacional o valor do ano transacto é próximo de €29 750 000.
 

E isto analisando perto de 20 agências / consultoras que actuam no mercado, sendo que não foi possível ter dados de todas nos dois anos.
 

publicado por Rodrigo Saraiva às 09:41
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De jd a 10 de Setembro de 2009 às 17:06
Olá Rodrigo, qual a fonte para os dados internacionais?

Abr

jd
De Rodrigo Saraiva a 10 de Setembro de 2009 às 17:37
Olá João,

todos os dados são através do http://www.ies.gov.pt/

e são uma análise genérica à facturação fora da união europeia.
abraço
De jd a 10 de Setembro de 2009 às 17:47
obrigado.

abr

Comentar post

autores

Contacto

piar@sapo.pt

tags

todas as tags

links

twitter wall @blog_PiaR

arquivos

pesquisar

subscrever feeds

Visitas ao poleiro